domingo, 23 de maio de 2010

Qual a diferença entre Durkheim, Karl Marx e Max Weber?





AUTOR: Prof. Ms. PEDRO MOURÃO
Uma vez me deparei com essa pergunta na Internet. “Qual a diferença entre Durkheim, Karl Marx e Max Weber?”. Vi a seguinte resposta:

Émile Durkheim (Épinal, 15 de abril de 1858 — Paris, 15 de novembro de 1917) é considerado um dos pais da sociologia moderna. Durkheim foi o fundador da escola francesa de sociologia, posterior a Marx, que combinava a pesquisa empírica com a teoria sociológica. É reconhecido amplamente como um dos melhores teóricos do conceito da coerção social.Partindo da afirmação de que "os fatos sociais devem ser tratados como coisas", forneceu uma definição do normal e do patológico aplicada a cada sociedade.

Karl Heinrich Marx (Tréveris, 5 de maio de 1818 — Londres, 14 de março de 1883) foi um intelectual alemão considerado um dos fundadores da Sociologia. Também podemos encontrar a influência de Marx em várias outras áreas tais como: filosofia, economia, história já que o conhecimento humano, em sua época, não estava fragmentado em diversas especialidades da forma como se encontra hoje. Teve participação como intelectual e como revolucionário no movimento operário, sendo que ambos (Marx e o movimento operário) influenciaram uns aos outros durante o período em que o autor viveu.Atualmente é bastante difícil analisar a sociedade humana sem usar seu pensamento como referência, mesmo que a pessoa não seja simpática à ideologia construída em torno de seu pensamento intelectual, principalmente em relação aos seus conceitos econômicos.


Maximillian Carl Emil Weber (Erfurt, 21 de Abril de 1864 — Munique, 14 de Junho de 1920) foi um intelectual alemão, jurista, economista e considerado um dos fundadores da Sociologia. Seu irmão foi o também famoso sociólogo e economista Alfred Weber e sua esposa a socióloga e historiadora de direito Marianne Schnitger.
A análise da teoria weberiana como ciência tem como ponto de partida a distinção entre quatro tipos de ação:A ação racional com relação a um objetivo / A ação racional com relação a um valor/ A ação afetiva / A ação tradicional


Achei a resposta  muito simplória para acreditar que era só isso que os diferenciavam.
Lembrei de quando eu era pequeno e via televisão o dia inteiro. Aquela caixa mágica era meu vínculo com a sociedade para além do meu lar.

Na escola nunca fui o mais popular, nem fui bom em esportes. Hoje dou boas gargalhadas lembrando que as moças só falavam comigo para pedir as respostas das questões de matemática ou para pedir uma caneta.



Aos poucos fui me tornando mais introspectivo e aquela caixa mágica foi se tornando uma referência para mim. Já adulto comprei um computador e isso significou muito para meu trabalho. Então, meio que troquei a TV pelo computador, vale lembrar que os livros nunca perderam sua função para mim. Minha mãe uma vez me pegou literalmente com o rosto na tela da TV, ela me perguntou o que eu via ali, eu respondi que via pontos vermelhos, azuis e verdes.
Esses pontos ficaram na minha memória. Como podem 3 cores conseguirem mostrar todo o mundo?

Entrei na Universidade e descobri Marx, Durkheim e Weber, Os 3 porquinhos.
Na minha mente de alguma forma eu associei as cores aos autores, Marx era vermelho, Durkheim era Azul, e Weber era verde.
 
Sempre vinculei o pensamento de Durkheim a busca da harmonia na sociedade, já Marx eu associava a transformação, a luta de classes, a busca pela ruptura de velhos paradigmas, e Weber para mim era alguém que buscava os sentidos e os rumos que a sociedade poderia ter.

Como três pensamentos distintos podem ter o poder de descrever o mundo?
Eu achava isso incrível e por vezes tentei destruir as “casas dos 3 porquinhos” usando o lobo mau da realidade. Mas sempre uma das “casas - teorias” deles ficava em pé.



Analogia que eu fazia com o conto dos três porquinhos, que cada um construiu uma casa de material diferente buscando resolver o mesmo problema, o lobo mau que para mim era a realidade, que destrói todo e qualquer idealismo ou pretensa visão de mundo que tente confinar a realidade. 
Mas aquelas cores?
Depois descobri que aqueles pontos eram pixels, e que cada um deles contém as três cores: azul, verde e vermelho e que combinando tonalidades dos três pontos é possível exibir pouco mais de 16.7 milhões de cores diferentes. Foi então que as coisas começaram a fazer mais sentido.
Da mesma forma que somente três cores tinham a capacidade de representar a realidade na tela da TV, os clássicos conseguiam representar de alguma forma uma teoria social que representaria a realidade social,  nem que fosse de maneira desbotada.

Entendi que a habilidade das três teorias clássicas consiste justamente na capacidade delas de serem distintas entre si, de interpretarem a realidade social de três pontos de vista diferentes. Assim como na história dos três porquinhos, duas das três casas poderiam cair, mas pelo menos uma ia ficar de pé e dar conta do recado, e pelo menos igualar força com a realidade cruel do lobo mau.  

64 comentários:

  1. Durkheim propõe conservar a ordem.O social prevalece sobre o sujeito.

    Weber propõe conservar a ordem.O sujeito prevalece sobre o social.

    Marx propõe transformar a ordem.As relações materias da sociedade vão determinar as consciências individuiais.

    A diferença consiste na ótica social de cada pensador.

    Parabéns pelo texto. Bela junção de conceitos e imagens.

    ResponderExcluir
  2. adorei o texto principalmente há analogia dos três porquinhos, me ajudou muito, obrigada...

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Pedro! adorei a postagem! tanto que a reprosuzi no meu blog com os devidos créditos! parabéns pelo teu blog! tb sou acadêmico de Ciências Sociais. Te convidoa visitar e seguir o meu blog Opinião & Cia (http://www.opiniocia.blogspot.com)

    abraços!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns, Pedro, pela habilidade em lidar com o complexo mundo dos Bob's (os clássicos da sociologia), de maneira tão lúdica e didática.Dá prá ver o céu estrelado com maior clareza. quem quiser ver mais de perto...pegue a luneta! abs
    FÁBIO FIRMINO - J.Pessoa

    ResponderExcluir
  5. Muito obrigado Fábio Firmino, são comentários como o seu que dão animo a esse trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NOSSA PEDRO,FAÇO SERVIÇO SOCIAL E VC ME AJUDOU MUITO!!!PARABÉNS

      Excluir
  6. NOSSA EU COM DIFICULDADE DE DIFERENCIAR OS TRÊS AUTORES COM ESSA EXPLICAÇÃO CONSEGUI ENTENDER UFFFA !!! VALEU !!!

    ResponderExcluir
  7. A estória dos 3 porquinhos eu entendi, mas a diferença dos 3 filósofos, tá difícil...

    ResponderExcluir
  8. Nossa que texto bem estruturado, adorei a sua explicação, consegui ententer melhor a diferença entre os três.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  9. dava pra ter escrito mais

    ResponderExcluir
  10. Karola Rodrigues9 de julho de 2012 13:10

    Pedro Jorge, gostei muito deste seu texto. A analogia, a estruturação, bem didático e interessante. Parabéns!

    ResponderExcluir
  11. valew isso vai me ajudar amanhan na prova.. ;)

    ResponderExcluir
  12. Achei muito bacana a associação, mas acho que faltou um fim, por que vc diz que eles são distintos mais não mostra a difernça dos três, vc apenas mostra a diferença de cores e relaciona com pixels o que deixa a história muito mais atrativa se levar em consideração que a grande maioria gosta dos três porquinhos, mais na minha opinião, no seu texto em si, vc não falou da diferença de cada porquinho como está na proposta do texto, que diferenciou bem foi a Helena, mas meus parabéns vc consegue deixar um texto bem mais legal de se ler.

    ResponderExcluir
  13. Vc é muito criativo, adorei o texto.

    ResponderExcluir
  14. MUITO BOM MESMO!!!DESSA MANEIRA ATÉ AS CRIANÇAS BRASILEIRAS VÃO ENTENDER A "LAMBANÇA" POLÍTICA! PARABÉNS PELA CRIATIVIDADE!

    ResponderExcluir
  15. ta muito bom o texto... mas faltou acrescentar algo a mas, isso me ajudou muito nos meus trabalhos da escola.

    ResponderExcluir
  16. QUE TEXTO BOM! AMEI DEMAIS!

    ResponderExcluir
  17. Minha tristeza é ver tanta gente elogiar essa comparação medíocre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por favor, indique os motivos da mediocridade deste texto, se apresente e mostre algo bom produzido por você.
      Todos irão agradecer.

      Excluir
    2. Adoreia resposta do Pedro Mourão ao "cinemania", ele ficou com inveja, de certo não tem criatividade pra criar então critica quem o faz e pior: não colabora com nada e ainda perde tempo postando algo inútil... O TEXTO É ÓTIMO, PARABÉNS PRA QUEM O CRIOU.

      Excluir
  18. Parabéns!
    Continue com seu trabalho maravilhoso, isso ajuda muito, eu por exemplo, vou apresentar meu TCC, e com este clariou bastante.

    ResponderExcluir
  19. Vou fazer prova de sociologia, estou no 2º semestre de Administração e tinha muitas dúvidas que foram esclarecidas pela forma de representar as teorias. Muito bom! Parabéns!

    ResponderExcluir
  20. Pedro Mourão ...adorei texo das difrença dos 3 pensadores ...Com isso me ajudou muito.. como estão começando agora Serviço Social me ajudou muito ...Obg..

    ResponderExcluir
  21. Nossa Pedro, muitíssimo abrigado pela explicação. Achei sensacional, você desmistificou os três de maneira muito criativa e didática.

    Hoje tenho uma prova e você terá o peso do salvador de um semestre rs
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  22. Pedro, muito boa a sua definição, você desmistificou os três de maneira criativa e didática.

    Ah, você tem o peso de salvador de semestre!!!rs
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  23. Estou começando agora o curso de pedagogia e este texto de forma bem dinâmica e criativa me fez entender a diferença entre os três socialistas. Gostei muito e estou satisfeita com as respostas que obtive aqui...Parabéns...

    ResponderExcluir
  24. Estou começando agora o curso de pedagogia e este texto de forma bem dinâmica e criativa me fez entender a diferença entre os três socialistas. Gostei muito e estou satisfeita com as respostas que obtive aqui...Parabéns...

    ResponderExcluir
  25. Adorei a comparação clareou minhas idéias....PARABENS pela criatividade.

    ResponderExcluir
  26. Pedro valeu! Os seus comentarios foram de grande valor para mim. entendir melhor as teorias. Continue com seu trabalho e vc sempre estará ajudando alguém, assim como eu que iniciei ADM. Valeu irmão. Um abraço.

    ResponderExcluir
  27. Pedro valeu! Tirei minhas dúvidas depois que lir esta página. Continue assim meu irmão vc estará ajudando alguém. Valeu irmão! Um abraço.

    ResponderExcluir
  28. obrigado sua explicação é digna de um grande historiador , Entendi tudo desse quebra cabeça que estava me dixando confuso valew

    ResponderExcluir
  29. Pedro.

    Sinceramente, parabéns!

    A didática é peça fundamental da construção de conteúdos assim.
    E realmente, ri bastante ao ler o texto na integra, gostei muita da analogia que fez com contos infantis e sua própria história de vida.

    Esse é o tipo de texto ideal para explicar sociologia e derivados da ciência a crianças!

    Mais uma vez, parabéns!

    Abraço,

    ResponderExcluir
  30. PARABÉNS PELA COLOCAÇÃO, DESSA FORMA FICOU MUITO MAIS FÁCIL DE ENTENDER O QUE CADA UM QUERIA E QUE A IDEIA DE UM COMPLETA A DO OUTRO COMO EM UM QUEBRA CABEÇA. MUITO BOM!

    ResponderExcluir
  31. Parabéns, muit bom o texto.. Perfeita explicação! :D

    ResponderExcluir
  32. FIKOU BOOM O SEU TEXTO VAI ME AJUDAR PRA VALER NO MEU TRABALHO DE ESCOLA...SO QUE VC DEVERIA SE MOSTRAR QUERIA VER O SEU ROSTO P VER SE VC E GATO QUE NEM SUAS PALAVRAS DE ENTENDIMENTOO...BJS E4 CONTINUE ASSIM...DE SUA NOVA AMIGA MAARA.

    ResponderExcluir
  33. PEDRO, ADOREI O TEXTO E A SUA VISÃO ME AJUDOU MUITO A ENTENDER AS DIFERENÇAS ENTRE ELES. DEUS TE ABENÇÕE.

    ResponderExcluir
  34. Adorei o texto, vai me salvar na prova concerteza. Não da atenção as criticas não Pedro, sabedoria é algo que muitos desejam, poucos dos que a desenvolvem, não sabe utiliza-la. Parabens, obrigado por compartilhar conosco seu pensamento.

    ResponderExcluir
  35. Parabens pelo seu texto, me salvou a alma pra prova que tenho logo mais.
    Não da trela pra quem te critica não, pois sabedoria é uma conquista para poucos, porem nem todos que a alcança, sabe utiliza-la.

    Obrigado por compartilhar conosco sua visão.

    ResponderExcluir
  36. Nossa, incrível como você conseguiu nos passar essas teorias tão difíceis, como uma coisa fácil... Nossa, adorei , parabéns!

    ResponderExcluir
  37. Nossa, incrível como você transferiu um assunto tão difícil, como a coisa mais fácil do mundo, rsrsr adorei, parabéns!!

    ResponderExcluir
  38. Ainda preciso de sua ajuda , não consigo entender a diferença que existe entre esses três sociólogo ,estudo sociologia e para mim , acho uma matéria super difícil.

    ResponderExcluir
  39. Cara, muito bacana seu artigo. A analogia facilitou muito para eu vislumbrar a diferença entre, como você disse, os três porquinhos. kkkkkkkkk Outra coisa legal foi a estrutura do texto. A galera antiquada gosta daqueles, ou, melhor dizendo, obedece as regras de fazer aqueles artigos com parágrafos gigantescos e chatos. Nesses basta passar perto de mim uma formiga que meu interesse e atenção desvanecem. No seu não aconteceu isso. Parabéns pelo trabalho. Abraços!

    ResponderExcluir
  40. Ótimo texto!!! Estou no meu estágio de Ciências Sociais e traduzir os clássicos de maneira mais próxima dos alunos é um desafio para mim e seu texto me ajudou bastante. Abraço!!! Gostei muito da colocação da Helena Também!!!T+

    ResponderExcluir
  41. muito bom.

    faço 2 semestre de Direito , disciplina de Sociologia Jurídica.
    A professora inteligentíssima e vai tirar o couro, os textos que ela sugere são muito difíceis para meu entendimento que já fui muito mal e Sociologia Geral ,não é minha praia....
    Vc teria algo para me indicar sobre IMAGINÁRIO SOCIAL (Castoriadis), algo didático quero dizer... grata

    ResponderExcluir
  42. Ola...
    Muito bom seu texto
    Faço Sociologia Jurídica....os textos da professora estão hiper mega difíceis.

    Vc teria algo sobre o IMAGINÁRIO SOCIAL- Castoriadis ?? não entendo onde ela quer chegar falando sobre a Ágora...e o papel das 3 esferas na sociedade...

    ResponderExcluir
  43. Ótimo Pedrão! Gostei. Sabe usar bem a linguagem simbólica.

    ResponderExcluir
  44. Ótimo Pedrão! Gostei! Usa bem a linguagem simbólica, o que facilita a compreensão...

    ResponderExcluir
  45. Ótimo Pedrão! Gostei. Sabe usar bem a linguagem simbólica.

    ResponderExcluir
  46. Adorei! Sou estudante de Direito e terei uma prova em breve sobre Sociologia a qual terei que falar sobre os três.
    Obrigada, ajudou-me muito.
    PARABÉNS PEDRO!

    ResponderExcluir
  47. rose_goldoni@hotmail.com26 de novembro de 2013 22:12

    Interessante!!!!!Brilhante texto!!!!!

    ResponderExcluir
  48. Eu gostei muito da explicação, estou estudando sobre isso e queria entender a diferença dos três e seu post me ajudou muito. Parabéns.

    Beijoos!

    ResponderExcluir
  49. Pedro você foi incrível!!! você conseguiu nos passar essas teorias tão difíceis, como uma coisa fácil... Nossa, adorei , parabéns! você vai longe....

    ResponderExcluir
  50. muito bom Pedro.. será que vc poderia me dizer as semelhanças entre eles??

    ResponderExcluir
  51. valeu!achei muito bem explicado!me ajudou muito obrigada mary

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua observação ;)